Aprenda como cuidar flor do Natal (bico de papagaio)

Mais conhecida como flor de Natal, estrela de Natal ou bico-de-papagaio, a poinsettia (Euphorbia pulcherrima), é uma planta originária do México e pertence à família das Euphorbiaceae. Caracteriza-se pelas folhas largas, que podem ter diversas cores: vermelho (a mais popular pelo Natal), rosa, creme, roxa, salmão, amarelo ou até mesmo branco.

O que parecem ser as pétalas das flores, na verdade, são brácteas, ou seja, são folhas modificadas. Isso ocorre porque as verdadeiras flores da planta são pequeninas e quase insignificantes, não apresentando cores e formas atraentes para os polinizadores. Assim, as brácteas, coloridas e exóticas, que surgem ao redor das flores verdadeiras, cumprem a função de atrair os insetos e aves responsáveis pela polinização da planta.

É muito vendida na época do Natal, em pequenos vasos que são mantidos no interior da casa, no entanto, pode também ser plantada no exterior, local onde cresce como arbusto até 4 metros de altura se a planta não for podada.

É preciso ter alguns cuidados em relação ao local da casa em que é colocada e com o seu manuseamento, pois possui um baixo grau de toxidade, podendo causar dermatites. Estas irritações na pele não constituem, no entanto, riscos de intoxicações letais, mas deve-se ter cuidado com animais e crianças, pois sua ingestão pode casar dores estomacais.

Cuidados essenciais 

Como acontece com qualquer planta, também a flor de Natal precisa de alguns cuidados para se manter bonita e saudável durante mais tempo. É uma planta que aprecia bastante sol. Em ambientes internos, só se dá bem em locais com grande luminosidade natural. Deve ainda ser colocada num local da casa sem correntes de ar ou temperaturas muito frias.

A flor de Natal precisa de solos muito bem drenados para crescer na plenitude e manter a sua beleza. O ideal é um solo solto, com adição de areia lavada ou substrato para vasos.

Em relação às regas, deve verificar o solo diariamente, adicionando água sempre que verificar que este se encontra seco ao toque. No entanto, tenha o cuidado de não regar em exagero, de forma a que a terra fique encharcada, o que poderá resultar no apodrecimento da raiz e morte prematura da planta.

Não há necessidade de utilização de fertilizantes com muito fósforo uma vez que as “flores” desta planta na verdade são folhas brácteas, ao invés disto faça apenas a reposição de adubo orgânico sobre o solo de tempos em tempos.

A floração da flor de Natal ocorre normalmente no período do inverno, porém se conseguir reproduzir a diminuição de luminosidade, simulando dias de sol mais curtos, a planta vai acabar por “depreender” que está no inverno e pode desta maneira florir em épocas diferentes do ano.

Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*